sábado, 28 de março de 2015

Mercado Livre e Ebay

Mais uma vez eu encontro meu desenho sendo vendido na internet, dessa vez no EBAY. O vendedor disse que comprou a imagem numa convenção Wizard. Que mentira. Eu nunca vendi nenhum desenho meu, pois como sabem, não fiz pra vender. Qual a vantagem em comprar/vender algo que qualquer um pode baixar de graça? O vendedor Masteraddams estava vendendo imagens de muitos artistas, inclusive do meu amigo Marcos Mendes. Escrever não basta. Vejam as provas. Depois que denunciei no Ebay, ele finalizou a venda como indisponível. E também tirou do ar várias outras imagens.


No Mercado Livre também tem uns espertinhos.


Faço um apelo aos artistas que colocam seus desenhos na internet para ficarem atentos com esses vendedores.

domingo, 22 de março de 2015

Noventa e quatro dólares

Descobri ontem, por acaso, que essa é a quantia que esse blog está valendo, baseado em sua popularidade e quantidade de cliques mensais, que somam 300, ou uma média de 10 cliques diários. Hummm, será? O contador de visitas que inseri já está com erro novamente, mas o Flag Counter, que contabiliza as visitas pelo IP dos países dos visitantes, está funcionando, e mostra que gente do mundo todo tem acessado o blog. Há na internet uma página de Portugal dizendo que o mesmo é adequado para crianças. Ufa, que alívio. Encontrei até um trabalho de faculdade no qual o blog é citado. Posso dizer aqui que minha meta foi cumprida. Quando criei o blog, minha intenção era homenagear e manter viva a imagem dos personagens HB, tão esquecidos hoje em dia. Percebi que em muitos países, excluindo os EUA, havia uma carência de imagens HB. Escrevi "excluindo os EUA" porque lá é uma febre (minha opinião). As pessoas veneram os Flintstones até hoje, todo ano é lançado algum longa metragem animado do Scooby-Doo e por aí vai. Acessem o Flickr.com e verão a quantidade de páginas relacionadas à Hanna-Barbera. Não poderia ser diferente. A empresa HB, que hoje pertence ao grupo Warner, foi criada em território americano. Desde 2007, tive acesso a diversas imagens que estavam guardadas lá no fundo da memória, pensava que nunca mais as veria. Conheci pessoas de todos os tipos, das quais dividi em três grupos: Os interessantes, os interessados e os interesseiros. Gente honesta, gente ciumenta, e até gente querendo fornicar. Gente vendendo meus desenhos no Mercado Livre. Aliás, quase tudo que postei foi copiado para outros sites, alguns mencionam a fonte, outros apagam minha assinatura... Quero deixar claro que muitas das imagens que postei são do meu próprio acervo, coisas que eu paguei caro para conseguir. O que não era meu, pedi permissão para postar. E depois vejo as mesmas imagens na internet com alguma marca da pessoa que copiou e postou em outro site. Já fui chamado de ladrão. Isso mesmo. Apenas pelo fato de ter feito um vetor de um personagem HB. Depois a pessoa pediu desculpas, pois entendeu que não fiz o desenho para vender. Minha assinatura estava lá porque o vetor foi feito por mim. Vejo por aí meus desenhos em capas de DVD, ímãs de geladeira e uma infinidade de outras coisas. Valeu à pena? Sim. Hanna-Barbera está mais popular graças a esse blog e aos esforços de quem me ajudou. Deixei-o de lado algumas vezes, pois vai chegando um momento na vida em que deixamos de nos preocupar com algumas coisas. Mas não pensem que deixei de gostar de Hanna-Barbera. Continuo colecionando por aí as minhas coisas. Não me importo se o blog está popular ou não. O que importa é fazer brilharem os olhos de alguém com alguma novidade. Mas tem novidade? Tem. O livro para colorir do Trapaleão, o baralho redondo, gibis, álbuns, figurinhas, etc. Aguardem!!!
.